01 ago 2020 - 10:35

DEU RUIM

Marni | Foto: Divulgação

Polêmica no mundo da moda. Recentemente a grife italiana Marni lançou sua nova campanha em homenagem ao Brasil e ao movimento tropicalista. A ideia era linda! As imagens pretendiam celebrar o povo, a cultura e a diversidade do nosso país, mas ao contrário acabou sendo um verdadeiro mergulho em ideais racistas e que traziam inclusive uma abordagem que poderia ser diretamente relacionada com a época da escravidão. Após diversas acusações e a retirada das imagens das redes sociais, a marca lançou um comunicado com um pedido de desculpas.

Como pedido de desculpas, a empresa comentou: “Na Marni, pedimos profundas desculpas pelo dano e ofensa que nossa última campanha causou. O que se pretendia ser uma campanha que celebrava a beleza da cultura afro-brasileira sob a perspectiva do fotógrafo brasileiro Edgard Azevedo veio a bom termo tendo tido o impacto oposto. Nossas fiscalizações ao longo do processo de revisão são inaceitáveis ​​- e, por isso, lamentamos muito.”

Leia Mais